Projeto “Monções no Combate a Violências e Acidentes Por Uma Cultura de Paz” fica entre os finalistas do V Fórum de Promoção da Saúde 2013 do Estado de São Paulo

Projeto “Monções no Combate a Violências e Acidentes Por Uma Cultura de Paz” fica entre os finalistas do V Fórum de Promoção da Saúde 2013 do Estado de São Paulo

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

No Brasil, todo ano, muitas pessoas perdem a vida em acidentes de trânsito, porém acredita-se que os números podem ser maiores, pois as estatísticas são falhas. Em todo o mundo o trânsito ceifa vidas, porém os números brasileiros são alarmantes e disparam na frente de qualquer outro país.

Os custos anuais de acidentes de trânsito no Brasil, estimados pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), ficam em R$ 28 bilhões. De acordo com dados da ANTP, com base na média entre os anos de 2003 e 2006, o trânsito brasileiro deixa por ano 34 mil mortes; 100 mil pessoas com deficiências temporárias ou permanentes e 400 mil feridos.

O objetivo é promover a saúde e a cultura da paz, prevenindo agravos à saúde, bem como fortalecer a relação entre as redes públicas de saúde e de educação dos munícipes, diminuindo a morbimortalidade por acidentes de trânsito. Apoiar a elaboração, implantação e desenvolvimento do Projeto no município visando à redução de mortes e lesões provocadas pelo trânsito associadas aos fatores de risco álcool/ direção, velocidade excessiva e/ou inadequada.

Metodologia

Todo o processo de desenvolvimento deste projeto está pautado nas seguintes diretrizes:

- Planejamento participativo com os diversos setores sociais, incluindo a própria população, Polícia Civil e Militar, Secretarias de Saúde e Educação Municipais atuando em conjunto. Foi realizado com o Corpo de Bombeiro um treinamento para a equipe de Saúde de primeiros socorros urgência e emergência. Foram distribuídos panfletos educativos sobre educação no trânsito, álcool/drogas e direção associados, durante os eventos da cidade: Festa do Peão, Carnaval e na Semana de Combate a Violências e Acidentes de Trânsito.

- A intersetorialidade com a Secretaria de Saúde e Educação Municipais, Assistência Social, demais setores, atuando na organização em torno de um objetivo comum, ou seja, trabalhando nas ações de prevenção e de promoção da redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito.

Medidas de Prevenção

Trabalho com as crianças quanto à educação no trânsito e cultura da paz;

Educação de profissionais na melhoria de atendimento por trauma devido a acidentes;

Conscientização da população quanto às condutas no trânsito, respeitando as normas para (prevenção de acidentes, causas e consequências);

Incentivar o uso de equipamentos de segurança (capacetes, cinto de segurança e cadeirinha para as crianças).

Resultados

Consolidação da Promoção de Saúde e Paz, de abrangência intersetorial do Município;

Crianças mais atentas ao se deslocarem pelas ruas da cidade, estando informadas sobre os perigos e como evitá-los;

Melhor atendimento de urgências e emergências.

Em curto prazo: Impacto na população quanto à importância do combate a violência e acidentes no trânsito na priorização da cultura da paz.

Médio prazo: Conscientizar o maior número de pessoas possíveis quanto ao combate à violência e acidentes no trânsito na priorização da cultura da paz.

Longo prazo: Diminuir os indicadores e taxas relativas aos acidentes de trânsito e notificações de violência (VIVA SINAN).

Toda a população, condutores ou não de veículos, sofrem as consequências dos atos incorretos e infrações, onde se tornam evidentes as vantagens de ter acesso a informações estando aptos, portanto a fazer melhores escolhas quanto a suas condutas. Assim promovendo a saúde e a cultura da paz, reforçando a prevenção de agravos à saúde, bem como fortalecer a relação entre as redes públicas de saúde e de educação dos munícipes, diminuindo a morbimortalidade por acidentes de trânsito.