Monçonense faz depoimento em homenagem a Domingo Braile

Monçonense faz depoimento em homenagem a Domingo Braile

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Recentemente o monçonense Antônio Carlos Sobrinho, popular “Batata” fez um depoimento em revista de circulação regional, que transcrevemos abaixo:

Depoimento

“Atualmente, as notícias que são veiculadas, nos diversos meios de comunicação, mostram que a moral e a ética estão em desuso. Como consequência vemos a nossa juventude descrente com os ideais a serem seguidos visando a uma vida honrada, principalmente pela falta de uma pessoa íntegra que sirva de referência.

Entretanto, a cidade de Monções há muitos anos convive com o Dr. Domingo Braile, homem respeitado tanto no âmbito profissional, familiar e social. Seja pelo exemplo de honestidade, trabalho sério e empreendedorismo – como pelas diversas ações sociais que realizou ao longo desses anos – trazendo inúmeros benefícios à população de Monções, seja pela doação dos terrenos onde localizam-se a escola, a creche, o cemitério e a represa da cidade. Deve ser ressaltado que sempre procurou patrocinar eventos que incentivassem a prática da sustentabilidade do meio ambiente e da reciclagem.

Desse modo, acreditamos que os jovens de Monções têm um norte que os orienta para uma vida de sucesso, pois as diversas homenagens e prêmios recebidos pelo Dr. Domingo Braile acabam refletindo na comunidade, pois a humildade e a simpatia do doutor sempre foram portas abertas para que houvesse a interação entre ele e a população. Isto porque o grande saber científico que possui nunca o separou das pessoas simples, uma vez que os atendimentos médicos prestados à população nas suas horas de folga, incluíam aconselhamentos e, principalmente, a oportunidade de se conviver com uma pessoa que demonstrava por suas ações que valia muito a pena estudar, trabalhar e ter uma vida baseada na honestidade.

Logo, se me perguntarem qual o maior legado e o que o Dr. Domingo Braile representa para a cidade de Monções, responderei prontamente que foi – e continua sendo – o exemplo de vida a ser seguido por nós, nossos filhos e netos”.